SOCIAL BY FP

INOVAÇÃO E O MERCADO DE DECORAÇÃO DE LUXO

inovacao-do-mercado-de-decoracao-de-luxo

“Inovação é o grande desafio do mercado de decoração de luxo”, afirma Cintia Dutra, da Unimport

Inovação é a palavra da vez. Novos produtos e novas ideias se tornaram peças fundamentais para que uma empresa se destaque entre tantas outras e quando a empresa está situada no setor de serviços, a inovação se apresenta na experiência dos clientes.

De acordo com a empresária Cintia Dutra, à frente da empresa Unimport, especialista na locação de móveis de luxo para decoração, inovar é o primeiro grande desafio de quem trabalha com o mercado de luxo. Isso acontece porque muitas empresas lançam um produto e são copiadas por um concorrente que não utiliza o mesmo material, a mesma matéria-prima e o mesmo acabamento, mas nem sempre o cliente está atento a esses fatores.

“Percebo que meu principal desafio é enfrentar um mercado em que as pessoas atribuem valor às cópias. Eu preciso que os clientes entendam que o meu produto tem um valor agregado. Não é apenas o produto em si, mas todo o contexto que está por trás dele, como a garantia, a segurança e a certeza de que a minha empresa vai entregar o produto no prazo.”, ressalta Cíntia.

Pensando nisso, a expectativa para 2020 é que a Unimport comece a trabalhar com inovação através de produtos personalizados. “Não vai mais existir uma linha em série, vai ser tudo personalizado para evitar que as pessoas possam copiar o nosso produto”, afirma a empresária.

Trabalhando diretamente com os principais decoradores do Espírito Santo, Cintia Dutra também destaca o atendimento personalizado e o aprimoramento da experiência do cliente como objetivos em constante evolução. “A Unimport não vende uma commodity, mas sim um atendimento personalizado. O pós-venda é tão importante quanto a qualidade do produto que a gente comercializa”.

Locação de móveis garante projetos mais inovadores

Com o investimento em um acervo rico e diferenciado e o cuidado na manutenção dos móveis, a Unimport se destaca no mercado e é fornecedora de confiança dos decoradores mais experientes do mercado capixaba.

Cintia Dutra, no entanto, tem percebido que novas empresas de decoração estão surgindo, mas muitas não resistem ao primeiro ano. O erro, conta ela, é que os novos profissionais de decoração mal começam a trabalhar e já investem na aquisição de móveis e bens. “Comprar sofá, lustre, não é uma ideia inteligente, porque além de imobilizar o capital, o profissional vai precisar de uma estrutura para armazenar esse mobiliário e um funcionário para dar a manutenção”, exemplifica.

Outro problema é que com pouca variedade de mobiliário, o decorador consegue fazer uma ou duas festas diferentes, mas já não consegue inovar na terceira. Isso impede o profissional de colocar a criatividade dele para funcionar e explorar outras possibilidades. “Usar a verba do cliente na locação do móvel é a maneira mais inteligente de inovar e mostrar seu talento para o mercado”, assegura a empresária.

Cintia também avalia que ao investir no aluguel do mobiliário para festas, o decorador consegue criar mais e ter acesso a peças da tendência. “A Pantone lançou em 2019 o Coral como a cor do ano. Em 2020, a cor tendência é o Classic Blue. Na Unimport nós já estamos com essas peças. Se o decorador for investir dinheiro para comprar vai conseguir colocar apenas uma peça na festa. Isso não é interessante nem para ele nem para o seu cliente”, finaliza.

0 Comentários
Compartilhe

Fernanda Prates

Responder seu comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados.*